Após atuar junto à assessoria do Desembargador Pedro Manoel Abreu perante o Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina (TJSC), o advogado Jorge Rosa Filho foi convidado a exercer a advocacia no escritório do advogado e então Professor da Universidade Federal de Santa Catarina João Leonel Machado Pereira.

No ano de 2011, os advogados decidiram constituir sociedade, formalizando a criança da banca João Leonel Machado Pereira Advogados Associados –OAB/SC 1869/2011.

A sociedade perdurou por 05 anos, até que no dia 02 de novembro de 2015, o advogado João Leonel Machado Pereira faleceu, passando à história da advocacia catarinense como o “advogado do povo”, na carinhosa e justa referência do jornalista Moacir Pereira, título que muito lhe honraria.

Com a dissolução daquela banca, extinta após o falecimento de seu sócio fundador, o advogado Jorge Rosa Filho organizou nova equipe de trabalho, sob a pessoa jurídica Jorge Rosa Filho Sociedade Unipessoal de Advocacia (OAB/SC 2765/2016), que tem por missão aplicar os ensinamentos apreendidos ao longo de quase uma década.